sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Técnicas de Expressão Plástica

Boa noite a todos,

 Hoje vou partilhar convosco algumas técnicas de Expressão Plástica
A Expressão Plástica tem grande importância no desenvolvimento das crianças, possibilitando que desenvolvam a sua personalidade, capacidade de expressão, consciência crítica, conhecimento de diversas culturas e respeito pelas mesmas, criatividade, imaginação,etc. A Expressão Plástica  permite também que as crianças possam expressar os seus sentimentos - as suas alegrias, desejos, medos, ansiedades,etc - mas para isso o professor, educador, ou até mesmo os pais, têm de permitir que as crianças realizem as actividades livremente, sem sujeita-los a actividades padrão ou obriga-los a desenhar o que o adulto pretende, pois isso irá reprimir as crianças tanto a nível sentimental, como criativo. Como professores ou educadores por vezes é um desafio nos lembrarmos disso, quem nunca deu aos seus alunos desenhos para colorir? Penso que todos nós já o fizemos, mas se pensarmos bem não será melhor para os nossos alunos colorirem os seus próprios desenhos em vez de fotocópias que podem não fazer qualquer sentido para eles, e que não estimulam a sua criatividade!?? Deixo-vos com esta questão, poderia ser dito muito mais, mas cabe a cada um de nós ver o que é melhor para os nosso alunos.

 São imensas as técnicas que podem ser usadas na Expressão Plástica, aqui ficam algumas:
  • Digitinta
“É uma técnica de expressão plástica, que consiste na mistura de água, farinha e corante, permitindo a realização de trabalhos em que a criança explora a textura e a cor, desenvolvendo a motricidade fina.” 
 Esta actividade é ideal para ser realizada no tampo das mesas, permitindo que as crianças espalhem as tintas com as mãos e desenham com os dedos. Depois de permitirmos que as crianças realizem as suas experiências livremente, que desenhe e voltem a desenhar, podemos realizar a estampagem de um dos seus desenhos numa folha branca.

Receita da digitinta:
Dissolver 225 g de amido de milho num pouco de água fria. Juntar 900 ml de água a ferver e levar a mistura ao lume, até levantar fervura e ficar espesso. Retirar do calor e acrescente, mexendo, 40 g de sabão branco (flocos ou pó). Para dar cor usar corantes alimentares ou aguarelas.
  • Modelar
 Através da pasta de modelar ou plasticina a criança pode criar tudo o que vai na sua imaginação, explorando assim a criatividade.
 Uma actividade que agradará a todos, será a de fazer a sua própria plasticina (sempre com a supervisão).

Receita de plasticina (massa de modelar):

Ingredientes: 

- Farinha maisena- Bicarbonato de sódio 
- Água
- 1 Copo (250 ml) 
- 1 Taça/ tigela 
- Corante alimentar
- Colher de pau 

- 1 Tacho pequeno

Procedimentos:

1- Numa taça ou tigela deitar meio copo de farinha maisena e um copo de bicarbonato de sódio. 

2- Com a colher misturar bem e adicionar três quartos de copo de água (um bocadinho mais do que metade de um copo). Adicionando a água à medida que vai mexendo até que os grumos tenham desaparecido todos.

3- Adicionar algumas gotas de corante alimentar até ficar com a cor desejada, e depois colocar a mistura num tacho.

4- Levar o tacho ao lume médio e mexer constantemente até se obter uma mistura parecida ao puré de batata. Desligar o lume e deixa arrefecer a massa.

5- Depois de a massa estar fria amassar bem e conservar num recipiente fechado. 

  • Desenhar com giz
Material:Giz, Papel  ou cartolina
Técnica:Com cartolina de preta ou azul escura, permitir que desenhem livremente com giz de diversas cores. Para um melhor resultado o giz deve ser molhado a cada traço.
  • Borrão Simétrico
Material:Guaches e Papel 
Técnica:Dispersar gotas de guache pela folha e por gotas de água por cima de algumas. Depois dobrar a folha ao meio verticalmente. 
  • Pintura Soprada

Material: Guache de várias cores, palhinhas e cartolina

Técnica: colocam-se na cartolina algumas gotas de guache e com a palhinha sopra-se a tinta em diversas direcções. Repete-se o mesmo processo diversas vezes e com diversas cores.

  • Desenho em Papel Amarrotado                                                                                                
Material: Papel e lápis de cor.
Objectivos: Desenvolver a imaginação e a criatividade.
Técnica:Amarrotar um papel cavalinho. Abri-lo. Com as linhas feitas do papel amarrotado descobrir objectos, figuras, seres nele presentes e delineá-lo.
                                                                                 
  • Cadáver Esquisito 
Material: Papel, lápis de carvão e lápis de cor.
Objectivo: Desenvolver a imaginação.
Técnica: Divide-se a folha em quatro. Num grupo de 4 elementos, cada indivíduo fará um desenho com linhas livremente deixando rasto delas noutra divisão da folha. E assim sucessivamente. No final abre-se a folha e pinta-se.
  • Pintura e Estampagem

Material:Guaches de diversas cores, Pincéis,Papel A3
Técnicas:
- Salpicar aleatoriamente a folha com pingos de tinta, usando um pincel, escova de dentes ou conta-gotas;
- Utilizar materiais existentes em sala de aula (rolos de cartão, carros de brincar, garrafas, escovas, esponjas, bolas ou balões, etc.) para pintar e efectuar estampagens;
- Realizar desenhos usando estampagens dos pés e das mãos.

Boas aprendizagens!

Sem comentários:

Enviar um comentário